fbpx

Packaging design como ferramenta de vendas

Design significa planejar e criar artisticamente ou com habilidade, e até mesmo um design simples precisa de estratégia e planejamento.

Criar e construir marcas são os dois desafios que enfrentamos diariamente, pois, além da criação, precisamos apresentar aos nossos clientes resultados financeiros em curto prazo e, ainda, esclarecer que elas são ativos de longo prazo. É nesse quesito que o marketing e o design são cruciais para a gestão da marca.

A estratégia do design tem como objetivo contribuir para a gestão de uma marca diferenciada, aprimorando não só o produto mas também a embalagem ou o desempenho do serviço, elementos estes que aumentam o valor financeiro, alavancam as vendas e a valorização gerada pelo cliente.

Entramos na revolução industrial da era 4.0 e isso impacta diretamente em todos os mercados. Por este motivo, fizemos um resumão de tendências do Design Gráfico e do Design Digital para o mercado alimentício, que modula-se e renova-se de acordo com as preferências de seus consumidores. 

 • CLAREZA NA COMUNICAÇÃO

Quando falamos na questão da tendência do design para o ramo alimentício, falamos principalmente da clareza na comunicação, que se dá devido ao crescimento da preocupação com a saúde. Informações de como os alimentos são cultivados, colhidos e feitos, por exemplo, são decisivas na hora da compra.

Muitas vezes a embalagem é o primeiro ponto de contato de um produto com o consumidor, portanto é importante ressaltar que a rotulagem se torna um aliado na transparência, valorizando o produto e passando confiabilidade para os clientes. 

•  O MINIMALISMO CONTINUA A DOMINAR

O minimalismo ainda é a única tendência que ainda prepondera depois de muitos anos. Atualmente, as marcas estão usando os princípios do design minimalista para criar suas identidades visuais, incluindo a embalagem: o designer retira todos os elementos indesejáveis ​​de um layout e mantém apenas aqueles que são suficientes para transmitir a mensagem da marca, o que ajuda a trazer foco para os elementos centrais de cor e tipografia, acrescentando autenticidade ao projeto. 
Assim, defendemos que, no design, menos é mais, principalmente quando se trata de uma variedade deles. Um exemplo são os vinhos da Vinícola Terrassos, cujo design foi desenvolvido aqui na Raça, no qual utilizamos as formas da serra que cerca a vinícola para acompanhar a tipologia e a variação das cores para simbolizar os diferentes tipos de uva.

• EMBALAGENS CRIATIVAS

Se pensarmos na última coisa que compramos recentemente, quais questionamentos podemos nos fazer?

“Por que comprei o produto daquela marca específica? Foi uma compra impulsiva ou eu realmente precisava daquilo?”

Muitas vezes compramos algo porque achamos realmente interessante. Talvez porque a embalagem possuía um design elegante e atrativo? Ou porque pensamos que aquilo nos faria sentir especiais, mesmo sendo um produto igual ao da seção de promoções?

Esta é a missão da embalagem: encantar seu cliente no primeiro momento. Quando feita de maneira correta e criativa, ela se torna responsável pela venda do produto.

A embalagem que chama a atenção transmite uma mensagem e oferece unicidade ao consumidor da marca. O propósito do design é saber o que fazer para destacar o produto nas prateleiras.

Já no DIGITAL, as tendências são ainda mais potencializadas devido à maior visibilidade que o/a produto/marca ganha nas mídias sociais. Veja abaixo algumas dicas de estratégia Raça para bombar com seu design na internet.

• DESTACANDO-SE NO INSTAGRAM

O feed personalizado é muito mais atrativo do que um feed normal. Manter uma identidade visual e com conteúdos relevantes para o seu público é a premissa mais importante à qual você deve se atentar.

O uso de fotos reais e fotos de portfólio do seu produto devem estar em harmonia. Se, por exemplo, a sua empresa for uma indústria do ramo alimentício de massas, é essencial que seu feed tenha fotos dos produtos finais, como um prato de macarronada, daqueles de dar água na boca. 

Use e abuse dos stories interativos para gerar engajamento ao seu perfil. Gifs, enquetes, hashtags e caixas de perguntas são ferramentas que, se bem usadas, elevarão o seu alcance e atrairão apreciadores.

• DESIGN PARA O FACEBOOK

A experiência do usuário consiste no conjunto de diversos aspectos e na forma de como são organizados para lhe proporcionar uma experiência agradável cada vez que ele consome um conteúdo, produto ou serviço. Mesmo perdendo sua potência de acessos para o Instagram, o Facebook ainda é um grande aliado em despertar, atrair, encantar e conectar diretamente uma marca ou um produto com seus consumidores. Por esse motivo, o design precisa funcionar para todo mundo, toda cultura, todo dispositivo e toda fase da vida.

Esta rede social ainda é um dos maiores geradores de leads devido às diversas funcionalidades dentro da plataforma. O uso do marketplace e dos carrosséis levaram a comunicação e a estratégia de vendas das marcas para o nível do imediatismo.

Quando falamos de design para o Facebook, estamos batendo diretamente na tecla de que

ser clean não é simples, muito pelo contrário: margens, cores e tipografia se tornam mais importantes à medida que reduzimos o número de estilos usados. Respeitar os grids que a plataforma exige adiciona à sua marca mais seriedade e confiança, afinal, ninguém se interessa por um layout emaranhado, não é? Lembre-se sempre que a informação deve ser passada de forma eficiente, atrativa, transparente e imediata.

Bitnami